Notícias

Visita a hospitais em Natal demonstrou alerta para a falta de médicos efetivos

12 abr 17

Visita a hospitais em Natal demonstrou alerta para a falta de médicos efetivos

Foto: Hiago Luis

Na tarde desta segunda-feira (10) uma comitiva do Sindicato dos Médicos do Rio Grande do Norte (Sinmed RN) realizou visitas ao Hospital Santa Catarina e ao Complexo Hospitalar Monsenhor Walfredo Gurgel (HMWG). Na ocasião, o Sindicato conversou com os médicos quanto às condições de trabalho e as dificuldades enfrentadas nas unidades que tiveram o atendimento paralisado ou reduzido devido aos quatro meses de atrasos no pagamento dos médicos que atuam pela Cooperativa Médica (Coopmed RN).

Com a paralisação apenas os médicos efetivos da rede estadual estão atuando nas unidades que só recebem casos de urgência e emergência. Na visita ao HSC, o diretor do Sinmed RN, Fábio Batista, verificou junto a equipe do sindicato as dificuldades enfrentadas na UTI Neo da unidade, onde apenas dois médicos estão presentes nos atendimentos para uma demanda que seria de quatro profissionais.

Além dos problemas com a falta de efetivo, as condições de trabalho na unidade são preocupantes, na ocasião da visita a equipe do Sinmed RN pode verificar diversos pontos de infiltrações, paredes mofadas e até um vazamento na tubulação de água na parte externa do prédio.

Ainda de acordo com os médicos que atuam na unidade, a falta de insumos, medicamentos e aparelhos dificulta ainda mais o trabalho e atendimento a população.

Na visita ao HMWG, o presidente Geraldo Ferreira e a diretora do Sinmed RN Valdelúcia Pontes verificaram  superlotação e falta de profissionais efetivos para fechar as escalas de plantão.

Diante da visita aos hospitais da rede estadual o Sinmed entende que é urgente que se proceda o pagamento dos médicos cooperados para que possam retornar ao atendimento e alertará o Ministério Público e Estado para a necessidade de um concurso público a vista de repor o quanto antes o número de médicos efetivos.

Hospital Municipal de Natal

O Sinmed RN visitou na noite desta terça-feira (11) o Hospital Municipal de Natal (HMN), na ocasião os diretores do Sinmed RN Manoel Marques e Kátia Correria conversaram com os médicos da unidade. No HMN a superlotação e a falta de profissionais efetivos para fechar a escala de plantão também é uma realidade presente. Além destes problemas, durante as chuvas que ocorreram na madrugada desta terça-feira, a unidade teve problemas com infiltrações em algumas salas, o que comprometeu o atendimento.

Fonte: Sinmed RN