Notícias

Sinmed e aposentados se reúnem na Assembleia Legislativa

06 mar 18

Sinmed e aposentados se reúnem na Assembleia Legislativa

Foto: Amanda Costa

Conforme agendado com o deputado Getúlio Rêgo, a presidência do Sindicato dos Médicos do Rio Grande do Norte (Sinmed RN), formada por Geraldo Ferreira, presidente da entidade e os diretores Manoel Marques, Guaraci Barbosa e Kátia Correia, coordenaram nesta terça-feira (6) um grupo de médicos aposentados, que se reuniram no gabinete do deputado para discutirem a questão do atraso salarial dos aposentados pelo governo do Estado. Na ocasião, o deputado Getúlio Rêgo acionou imediatamente o gabinete civil, solicitando uma audiência com o governador.

Nas discussões realizadas no gabinete, além da exigência pelo pagamento em dia, Geraldo Ferreira se posicionou a favor da correção salarial dos médicos: “Embora haja relatos de que nos próximos 60 dias o governo deverá promover a atualização salarial de ativos e aposentados, a luta do sindicato é para que isso se faça de maneira imediata. O relatado que levaremos à audiência com o governador é que esses atrasos são prejudiciais aos médicos aposentados, já que eles não tem outra fonte de renda e seus gastos são bem maiores, inclusive com plano de saúde e remédios. Além disso, os médicos aposentados foram pessoas  já deram a sua contribuição de forma muito intensa a saúde pública do Rio Grande do Norte” alegou o presidente do Sinmed.

Na ocasião, os médicos também agradeceram à posição contraria do deputado Getúlio Rêgo em relação ao pacote fiscal do governo, que extinguia o adicional por tempo de serviço e aumentava a alíquota da previdência, atingindo diretamente o salário dos servidores ativos e aposentados. A proposta também tornaria sem efeito o aumento de 10% que deverá chegar até a categoria médica, fruto do acordo dos últimos quatro anos. Com a não aprovação do pacote, os médicos poderão chegar ao final do acordo, que encerra este ano, e atingir o topo da carreira conforme as tabelas negociadas ainda no governo de Rosalba Ciarlini.

Com o aumento dos 10%, o médico no final de carreira chega ao nível 16, recebendo o valor de 16.700,00 (dezesseis mil e setecentos reais) bruto. “Foi um grande trabalho e uma grande conquista do Sinmed RN” comemora Geraldo Ferreira.

Enquanto a audiência com o governador não é marcada, o Sinmed promoverá ações, a fim de chamar atenção das autoridades para a causa dos aposentados. A primeira delas será uma caminhada que ocorrerá na próxima terça-feira (13), com concentração às 8h30 no Sinmed RN, até a Assembleia Legislativa.

 

 

Fonte: Sinmed RN