Notícias

Médicos da EBSERH permanecem em greve por tempo indeterminado

28 set 22

Médicos da EBSERH permanecem em greve por tempo indeterminado

Assembleia realizada na noite de ontem (27), no Sindicato dos Médicos do RN, com objetivo de acompanhamento da greve dos trabalhadores da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), decidiu pela permanência da categoria no movimento de greve nacional.

Os funcionários da EBSERH, de todo o país, deflagraram greve no dia 21 de setembro em razão da falta de negociação para reajuste dos salários, desde o ano de 2018, além da empresa ameaçar retirar direitos dos trabalhadores, como insalubridade sobre salário base e abono.

No Hospital Universitário Onofre Lopes existe uma outra reivindicação específica da unidade que é a mudança da jornada de trabalho, suspendendo os plantões de 24h e substituindo por plantões de 8h, 6h e 4h.

Encaminhamentos

O Sinmed RN avalia que a categoria médica deve apoiar irrestritamente os piquetes que estão sendo realizados pelas demais categorias da EBSERH, pressionando a negociação para que o impasse possa ser superado e haja uma solução adequada para os trabalhadores.

O sindicato lembra ainda que deve ser mantido 60 por cento do número de profissionais no atendimento ou 60 por cento do número de procedimentos. Os médicos devem procurar o melhor formato pois cada especialidade tem suas necessidades especifica e, em caso de dúvidas, procurar o sindicato.

Fonte: Sinmed RN