Notícias

Médicos aderem à greve da EBSERH

22 set 22

Médicos aderem à greve da EBSERH

Em assembleia, médicos dos hospitais universitários federais no Rio Grande do Norte decidiram aderir à greve dos servidores da EBSERH iniciada hoje (22) em todo o país. Os profissionais do Regime Jurídico Único do Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL) também se juntam aos médicos da EBSERH em paralisação de um dia realizada nesta quinta-feira.

A greve da EBSERH é por reajuste salarial e por melhores condições de trabalho. De acordo com os profissionais, já são três anos e meio sem negociação com a empresa.

Já a paralisação de um dia que envolve médicos da EBSERH e do RJU do HUOL é realizada para reivindicar a revogação da alteração no sistema de plantões do hospital.

Os profissionais relatam que uma regulamentação da EBSERH modifica, a partir do mês de outubro, os plantões para jornadas de 12h, 8h e até 4h, substituindo os plantões de 24h.

A paralisação de hoje, envolvendo profissionais dos dois sistemas de trabalho, é total para todos os procedimentos eletivos. Já a greve, que tem adesão apenas dos médicos da EBSERH, paralisa 60 por cento dos atendimentos eletivos e de urgência nos três hospitais universitários, por tempo indeterminado.

Fonte: Sinmed RN