Notícias

Dia do Trabalho é marcado por protesto de médicos em Natal

02 maio 19

Dia do Trabalho é marcado por protesto de médicos em Natal

No dia em que se comemora o Dia do Trabalho, 01 de maio, os médicos lotados nas secretarias estadual e municipal realizaram uma manifestação, nominada Caminhada do Trabalhador, realizada pelo Sindicato dos Médicos do Rio Grande do Norte. Dentre as principais reivindicações, o pagamento dos salários atrasados de 2018 e o pagamento dos 13º salários de 2017 e 2018, por parte do Governo do Estado.

A Caminhada do Trabalhador já se tornou uma tradição. Realizada pelo sétimo ano consecutivo, os médicos se concentraram em frente ao Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel e caminharam até o Parque das Dunas, onde o ato foi finalizado com um café da manhã e apresentação musical da banda Preto no Branco.

Para o presidente do Sinmed RN, Geraldo Ferreira, a realização de um ato em uma data marcante é a prova de que as instituições sindicais estão vivas e atentas às dificuldades que o país está enfrentando: “Neste momento de crise fabricada através de uma reforma trabalhista que quis anular as instituições sindicais, foi muito importante para o Sinmed ir às ruas, aliado com outros sindicatos, como o Sipern, e junto com a comunidade que também sofre com as dificuldades de receber assistência à saúde, e mostrarmos que essas instituições estão vivas e que estamos acompanhando atentamente toda essa situação do nosso país. Nos preocupamos com o desemprego, com os sub-assalariados, com a mão de obra subutilizada, e que estamos prontos para lutar e defender os trabalhadores, afinal de contas, a economia deste país foram feitas pelo trabalhador, o Brasil não se tornou a oitava melhor economia do mundo atoa” disse.

Participaram da caminhada o Sindicato dos Profissionais de Enfermagem (Sipern), Grupo de Oposição Sindsaúde RN (GOSS) e moradores das comunidades de Câmara Cascudo, da Zona Norte de Natal e do bairro Guarapes.

Fonte: Sinmed RN