Notícias

Médicos de Natal: Carta aberta à população

20 nov 19

Médicos de Natal: Carta aberta à população

Médicos de Natal em greve. A culpa é do prefeito!

 Nós, médicos do município de Natal, estamos em greve a partir de 19 de novembro para lutar pelo pagamento das nossas gratificações em atraso, pela atualização da tabela de pagamento e por melhores condições de trabalho.

Estamos em greve por tempo indeterminado, não porque queremos, e sim pelo descaso do prefeito Álvaro Dias com a saúde pública do município de Natal.

Estamos cansados de esperar uma proposta por parte da Prefeitura que atenda as reivindicações dos médicos. Desde janeiro de 2019 não recebemos nossa gratificação que compõe metade do salário integral e muitos colegas pediram demissão por não aguentar mais trabalhar sem receber, sendo submetidos as péssimas condições de trabalho.

Enquanto o prefeito Álvaro Dias organiza festas natalinas e shows somando quase 13 MILHÕES de reais do dinheiro do povo, nas unidades de saúde estão faltando medicamentos simples como dipirona, antibióticos, remédios para pressão alta e diabetes. Falta também exames de Raio X, ultrassonografias, médicos nas equipes dos postos e consultas de especialistas como cardiologista, endocrinologista e psiquiatra, que muitas vezes demoram mais de ano.

Diante disso, NOSSA GREVE É LEGÍTIMA! Não pedimos nada absurdo. Desejamos que o prefeito Álvaro Dias, maior responsável pela paralisação dos médicos, respeite os direitos da categoria e pare de penalizar a população com uma má assistência à saúde.

 

Natal, 19 de novembro de 2019

 

Estamos na luta para que todos possam voltar a viver com saúde.

Categoria médica do município de Natal

Fonte: Sinmed RN