Diversos

Sinmed RN apoia a moção de repúdio do SINPROVERN às atitudes da Valeant Farmacêutica

27 ago 14

 

No último dia 21 de agosto a empresa Valeant Farmacêutica encaminhou carta aos médicos do Brasil informando sobre a mudança no sistema de trabalho de seus representantes que, segundo a carta, “diminuirá a frequência de visitação aos consultórios e dedicará mais tempo à organização de eventos locais/regionais”.

Com esta medida (verificar carta completa) o Grupo Valeant diminui seu quadro de funcionários, provocado por demissões, desmerece e desconfigura o trabalho do propagandista vendedor e dos vendedores de produtos farmacêuticos.

“O que a empresa fez foi praticamente dizer que, para o médico, receber o representante é perda de tempo”, reclama Roger Cecílio, vice-presidente do SINPROVERN (Sindicato dos Empregados Propagandistas, Propagandistas vendedores e Vendedores de produtos farmacêuticos no Estado do Rio Grande do Norte).

De acordo com os profissionais da área, este contato com o médico em seu consultório é fundamental para a apresentação de novos produtos do mercado. Valoriza a pesquisa dos laboratórios e traz novos conhecimentos para os médicos e oportunidades para os pacientes.

“Temos um vínculo estreito com os médicos. Oferecemos para ele a oportunidade de conhecer as novidades da indústria farmacêutica, sem ter que tirá-lo de seu consultório. Para o médico que trabalha nas cidades mais distantes, nem sempre é possível participar das feiras e workshops da área”, observa Roger.

Por este motivo, o SINPROVERN publicou no último dia 25 uma MOÇÃO DE REPÚDIO às atitudes da Valeant Farmacêutica. O Sindicato dos Médicos do RN apoia e se solidariza a luta dos representantes farmacêuticos e entende que empresas que tomam atitudes deste tipo estão agindo contra o bom trabalho do médico e contra os brasileiros.

Confira a Moção de Repúdio:

 Moção de Repúdio Sinprovern-Valeant