Colunas

Editorial da semana do Sinmed RN

13 dez 16

Editorial da semana do Sinmed RN

Três problemas desafiarão os trabalhadores e o movimento sindical a partir de 2017. A PEC do teto, que congela gastos públicos, mas encontrará planos de cargos aprovado e aumentos previstos, em Natal, Parnamirim e no Estado, que precisam ser garantidos, a Reforma da Previdência com forte impacto em mais anos de contribuição e trabalho, o Projeto de Terceirizações, que invade mesmo as atividades fins e pode precarizar as relações trabalhistas.

Aliados ao difícil quadro econômico, os problemas que poderão ser criados pelos projetos criarão uma situação de instabilidade que obrigará os trabalhadores a se organizarem sob pena de serem massacrados pela crise. Nesse contexto o movimento sindical precisa atuar fortemente na mobilização da categoria, na ação junto às câmaras municipais, Assembleia legislativa, Congresso, e ao Judiciário para diminuir danos e preparar-se para os enfrentamentos trabalhistas.

 
Nesses embates, perderá menos quem conseguir se organizar em suas instituições, que fortalecidas poderão sustentar a resistência a perdas de direitos e mesmo garantir avanços, que precisarão ser duramente conquistados.

O Sindicato dos Médicos do RN tem consciência das dificuldades que os trabalhadores médicos enfrentarão, mas amadurecido ao longo de tantas lutas nos últimos anos, está pronto para defender os interesses da categoria médica, e da saúde do povo de Natal e do Rio Grande do Norte.

 
Dr. Geraldo Ferreira – Pres. Sinmed RN 

Fonte: