Notícias

Servidores municipais fazem protesto em frente à maternidade Divino Amor em Parnamirim

19 nov 18

Servidores municipais fazem protesto em frente à maternidade Divino Amor em Parnamirim

Servidores municipais da saúde fizeram protesto na manhã de hoje (19) em frente a maternidade Divino Amor em Parnamirim/RN. Eles cobram do prefeito Rosano Taveira a implementação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS) em negociação a mais de três anos com a prefeitura da cidade.

A categoria médica que atua no município decidiu pela paralisação de 24 horas nos atendimentos nesta segunda-feira, aderindo a mobilização geral em conjunto com o Sindicato dos Agentes de Saúde do RN (Sindas/RN), Central Sindical e Popular/Conlutas, Sindicato dos Técnicos e Tecnólogos e Auxiliares em Radiologia do RN (Sinttar/RN), Sindsaúde/RN e dos Agentes de Endemias de Parnamirim. 

Prefeitura e sindicatos se reúnem a tarde para discutir o envio do projeto para a Câmara Municipal de Vereadores no dia 28 de novembro. “Se isso acontecer a ideia dos sindicatos é fazer uma suspensão do estado de greve e realizar um outro movimento, dia 28 pela manhã, em frente à Câmara”, afirmou Ricardo Ney Oliveira Cobucci, delegado regional do Sindicato dos Médicos do RN em Parnamirim.

Caso a Prefeitura não apresente proposta as categorias pretendem deflagrar a greve ainda hoje. “Como é previsto no direito de greve, apenas o atendimento na urgência e emergência será mantido”, complementou Cobucci.