Notícias

Prefeito se compromete com a categoria médica e diz que implementa Plano de Carreira dos médicos em novembro

07 ago 18

Prefeito se compromete com a categoria médica e diz que implementa Plano de Carreira dos médicos em novembro

Foto: Gabriel Souza

 

O prefeito Álvaro Dias se comprometeu a implementar o Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos (PCCV) dos médicos do município  de Natal a partir do mês de novembro. O plano prevê reajuste de 10% no salário base, por um período de quatro anos, que inicialmente seria de 2016 a 2019, além do enquadramento automático do servidor em um dos 16 níveis de progressão de acordo com o tempo de serviço. Mas desde 2016, quando foi aprovado e sancionado pelo ex-prefeito Carlos Eduardo Alves, o PCCV não foi implementado.

“Como médico e prefeito de Natal não posso sair da gestão sem implementar o Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos da minha categoria”, afirmou Álvaro Dias durante reunião com a diretoria do Sindicato dos Médicos do RN na manhã desta terça-feira (7).

O prefeito culpou a grave crise na arrecadação do município para justificar a demora para o plano entrar em vigor. “A prefeitura tinha uma arrecadação de 150 milhões de reais [mês] e com o fechamento e falência de várias empresas a arrecadação caiu para 80 milhões. Nós enfrentamos uma situação difícil, esse mês foi uma angustia para pagar o funcionalismo em dia”, justificou.

A diretora do Sinmed RN, Lêda Pandolphi, enfatizou a insatisfação da categoria médica com a gestão. “O plano da prefeitura que não sai já é motivo de chacota em todos os setores da sociedade. Há muito tempo estamos levando pancada, esse é um desabafo de todos os meus colegas médicos do município”, disse.

Já a médica Neuma Marinho reforçou a descrença com o cumprimento da lei. “Sinto-me negligenciada, empurrada com a barriga ao longo de anos. Como podemos acreditar que dessa vez o plano será cumprido?”, questionou.

Secretário Municipal de Saúde, George Antunes de Oliveira, afirmou não ter dúvidas sobre a implementação do PCCV e se mostrou disposto a deixar o cargo caso o plano não esteja valendo em novembro: “Não vou participar de uma conversa com uma categoria onde minha palavra seja quebrada”.

Em resposta as colocações da diretoria do Sinmed RN, o prefeito e o secretário confirmaram presença na assembleia com os médicos de Natal no próximo dia 09 de agosto, quinta-feira, 19h, na sede do sindicato, para reafirmar o compromisso da prefeitura. “Cabe a nós gestores trabalhar para resgatar nossa credibilidade com atitudes e não com palavras”, disse Álvaro Dias.

Fonte: Sinmed RN