Notícias

Especialistas em Cirurgia da Mão elegem comissão para discussão de honorários

01 nov 17

Especialistas em Cirurgia da Mão elegem comissão para discussão de honorários

Médicos Especialistas em Cirurgia da Mão se reuniram em assembleia, na última terça-feira (31/10), no Sindicato dos Médicos do Rio Grande do Norte (Sinmed RN), para discutirem sobre o reajuste de honorários com operadoras de planos de saúde.

A especialidade tenta discutir estratégia de melhorias nos honorários da Cirurgia da Mão junto aos convênios desde setembro do ano passado. De acordo com Yuri Vilar, que é especialista em ortopedia e cirurgia da mão, as tabelas praticadas hoje são de 2008. Insatisfeitos com a situação, os médicos notificaram às operadoras de planos e hospitais que, a partir de fevereiro deste ano, as cirurgias seriam feitas por reembolso seguindo a tabela mais atual.

Após sucesso obtido com alguns convênios, em agosto de 2017, a AMIL também foi notificada que, a partir do dia 01/10/17, as cirurgias seriam feitas por reembolso seguindo a tabela mais atual: “Um princípio de negociação não evoluiu porque nos foi oferecido CBHPM 2010, que está muito aquém do que pleiteamos”, segundo Marcio D’ângelo, também especialista em ortopedia e cirurgia da mão.

Desde então a operadora tem procurado outros ortopedistas da cidade para que assumam a função da especialidade. O Sinmed RN entende a importância do médico especialista e defende a causa. Em assembleia, ficou definida uma comissão que irá assessorar a especialidade.

A recomendação do Sinmed é que outros profissionais não assumam a responsabilidade: “Nós entendemos a causa e vamos lutar pela melhoria desses honorários. Por outro lado nós entendemos o bom senso dos médicos de não assumirem a responsabilidade que cabe a um especialista”, argumentou Geraldo Ferreira, Presidente do Sinmed RN.

Novas assembleias serão agendadas para discutirem as propostas de negociações com a operadora AMIL. “Estamos numa luta por melhora dos nossos honorários e estamos cientes que esses movimentos têm acontecido em várias cidades, sendo Recife nosso exemplo mais próximo. O eventual sucesso desse pleito pode mostrar o caminho que a Ortopedia Potiguar deve seguir pra conseguir melhorar honorários pra todos os ortopedistas” finalizou o médico e especialista Hélio Rubens.

Fonte: Sinmed RN