Notícias

Categoria médica realiza ato público pela antecipação dos Royalties do petróleo para pagamento do funcionalismo

28 nov 18

Categoria médica realiza ato público pela antecipação dos Royalties do petróleo para pagamento do funcionalismo

 

Já são dois anos de atrasos salariais para os médicos e todos os servidores do Estado. Em 2018 a situação foi agravada pela falta de calendário de pagamentos e o não recebimento do 13º salário de 2017 e falta de previsão para o 13º de 2018.

Até o momento o pagamento do mês de outubro de 2018 não foi efetuado completamente e a previsão é de que os dois últimos meses do ano só sejam pagos no início de 2019, para ativos e inativos.

Por este motivo, o Fórum Estadual dos Servidores realiza mais um ato público no próximo dia 05 de dezembro, em frente ao Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN), para cobrar a antecipação dos recursos dos royalties da exploração de petróleo no estado. O orçamento que pode ser antecipado é de R$ 162 milhões.

Para Geraldo Ferreira, presidente do Sinmed RN, é necessário que o TJRN sinalize positivamente para que não prejudique ainda mais os trabalhadores. “Se não houver algum compromisso na perspectiva dessa antecipação para pagamento dos servidores, provavelmente teremos mudanças na forma de reivindicação, com possibilidade de paralisações da categoria”, afirma.

 

Jurídico

O setor jurídico do Sinmed RN esclarece que uma das primeiras medidas do sindicato no momento em que os atrasos começaram a ocorrer foi realizar um mandado de segurança coletivo, com o objetivo de garantir que os salários dos servidores fossem pagos em dia.

A decisão do Tribunal de Justiça foi favorável ao sindicato e afirma que, em caso de atraso, o pagamento deve ser efetuado com correção monetária.

 

Ato público

Dia 05/12

9h

Em frente ao TJRN (Praça dos três poderes – Cidade Alta)

Fonte: Sinmed RN