Diversos

PCCR: médicos se reúnem com secretário de Natal neste dia 11

10 abr 08

Finalmente um aceno positivo da prefeitura para dialogar com os médicos a respeito do do Plano de Cargos Carreira e Remuneração (PCCR). Após muitas tentativas frustradas, está marcada para esta sexta-feira, 11, uma audiência com o secretário municipal de Saúde, Edmilson de Albuquerque Junior, a partir das 16h.

A Prefeitura de Natal é uma das que mais está resistindo à implantação do PCCR, a exemplo do que fez o Governo do Estado desde o ano passado. Os médicos já conquistaram o plano junto aos municípios de Mossoró e Parnamirim.

Diante da falta de avanço nas negociações, os médicos se juntaram nesta quarta-feira, 9, aos demais servidores de saúde para protestar, em um dia de paralisação. Porém, sem prejuízos à população. Usuários do SUS que chegaram a unidades municipais foram encaminhadas a hospitais estaduais.

Porém, se não houver avanços, a greve por tempo indeterminado pode ser deliberada pela categoria. Geraldo Ferreira, presidente do Sinmed, enfatiza que os próximos passos realizados pela categoria serão voltados para a melhoria da infra-estrutura das unidades municipais de saúde. Após a reunião com a SMS, serão marcadas visitas de representantes do Ministério do Trabalho e Conselho Regional de Medicina (CRM) para a constatação dos problemas que enfrentam os funcionários da rede municipal de saúde e a falta de condições de trabalho e assistência aos pacientes.

“Primeiramente vamos apresentar todas as propostas para o reajuste salarial, baseado no modelo do governo do estado, depois vamos fazer diversas visitas nos postos de saúde para mostrar a imundície que estão os locais de trabalho dos médicos. No Pronto Atendimento do Sandra Celeste nem banheiro tem. Em alguns lugares, os médicos precisam levar colchão para dormir no chão, porque não oferecem estrutura. As condições de trabalho que o município dá à categoria são péssimas”.