Artigos

Mais do Mesmo?

08 ago 18

Mais do Mesmo?

 

Faltam exatos sessenta dias para o primeiro turno das eleições mais importante e decisiva para as nossas vidas. Tudo poderá mudar, se mudarmos também os atores que serão o Presidente da República, os governadores dos Estados, os deputados Federal e Estadual e por fim, duas vagas para Senador da República.

Nós, cidadãos cônscios dos nossos deveres, temos por obrigação exercer o direito ao voto, pois a abstenção significa concordar com tudo que está posto: a continuação das oligarquias que dominam o estado, há pelo menos cinquenta anos; a corrupção desmedida; o descompromisso com a coisa pública; o descalabro com a saúde pública e com a segurança; currais eleitorais; votos de cabresto entre outras aberrações.

Para os médicos e para todos aqueles que se dedicam a cuidar da saúde da população, a hora chegou! Não queremos “mais do mesmo”, pois, a classe médica não pode esperar por milagres que nunca acontecem, temos todos nós como classe, de perdermos a vergonha, de nos politizarmos, não no sentido da política vergonhosa do toma-lá-dá-cá, mas no sentido nobre e imbuídos da certeza de mudarmos os rumos do Brasil.

Nas próximas eleições teremos candidatos que são médicos, que aceitaram disputar uma vaga na Câmara Federal, escolhidos entre os melhores representantes da classe, já experimentados nas lutas sindicais, onde demonstraram ao longo de vários anos, dedicação, compromisso e principalmente uma visão ampla da realidade da saúde no Brasil.

Vamos em frente, empunhando a bandeira da ética e da honestidade, escolhermos aqueles que mudarão os destinos da nossa Pátria.

A hora é agora, não percamos esta oportunidade!

Francisco das Chagas Bastos – Presidente em exercício do Sinmed RN

 

 

*Artigo publicado no Agora Jornal, dia 08/08/2018.